No verão, ocorre uma dilatação dos fios de cabelo e suas cutículas ficam abertas, absorvendo mais poluição, resíduos de produtos, cloro e sal, por exemplo. Fora isso, o cabelo perde com mais facilidade substâncias importantes, como proteínas e água, ficando mais quebradiço e ressecado.

 

1. Mantenha o couro cabeludo limpo e fios isentos de sal e cloro. Evite os danos causados pela salinidade do mar e por elementos químicos usados no tratamento da água da piscina, tomando uma ducha sempre após o mergulho. Além disso, no verão, o suor, o calor e a umidade podem facilitar problemas no couro cabeludo como inflamações, seborréia e caspa.

2. Invista em produtos específicos. As linhas especiais para o verão, normalmente, já contêm protetor solar e vitaminas necessárias à reposição da perda natural de nutrientes com o calor. Produtos com proteína hidrolisada do trigo contribuem para a regeneração dos fios, pois aumentam o volume de água na fibra capilar.

3. Aposte em cremes com FPS, principalmente, se tiver cabelos tingidos. Para quem tem fios coloridos, um dos principais “inimigos” é o sol, que ajuda a desbotar a cor obtida. A recomendação é aplicar diariamente um creme sem enxágue que contenha filtro solar.

Assim que puder, remova os resíduos de salinidade e cloração das águas do mar e piscina
Assim que puder, remova os resíduos de salinidade e cloração das águas do mar e piscina

4. Adote um shampoo anti-resíduo, que dilata a cutícula e remove substâncias químicas, como o cloro, que pode danificar os fios. No entanto, como o shampoo abre as cutículas, depois de usá-lo, é importante aplicar um condicionador ou uma máscara pós-sol para selar essas estruturas e devolver a flexibilidade aos fios.

5. Substitua, de 1 a 3 vezes por semana, o condicionador pela máscara de tratamento. Aplique mecha por mecha, do meio para as pontas, e deixe agir por três minutos. Em seguida, enxágue bem. Um creme noturno também pode ajudar, assim como reparador de pontas.

6. E para evitar que os cabelos loiros e platinados fiquem verdes, não permaneça com resíduos ou se exponha por tempo muito prolongado ao cloro. Além de cloro, também são adicionados à água da piscina agentes algicidas (que eliminam as algas) e que contém cobre. Esse metal se liga ao fio, sofre oxidação com o cloro, e deixa a cor do cabelo esverdeado. Para evitar, use uma linha de produtos com atividade anti-cloro.