O problema do Rio Javaés é um pouco complexo, tendo em vista que é um braço do Rio Araguaia e que depende do mesmo para ter vida, mas o assoreamento acelerado do leito, a falta de preservação de suas nascentes e variadas fontes de poluição já começaram a matar este rio de estrema importância nacional.

Atualmente vivemos próximo a um desastre ambiental sem precedentes para uma das regiões mais belas do País, um impacto que trará prejuízos irreparáveis para o sistema ecológico que cerca a ilha do bananal, afetando animais e mudando radicalmente as atuais paisagens.

Hoje devido degradação ambiental, instalação de projetos próximos a origem do Rio Javaés, a não preservação e nem mesmo contenção de danos tem causado assoreamento em grande parte da extensão do Javaés.

Estamos convivendo com o caos que piora a cada ano, um rio que antes era caudaloso e vivo, hoje está caminhando para se transformar-se num rio temporário ou mesmo secar na primeira parte de seu curso, tendo em vista a grande dependência do Rio Araguaia, que com a degradação total, criação de bancos de areia impede a vasão necessária para manter vivo o Javaés.

Hoje o canal do Rio Javaés, que faz o contorno leste da Ilha do Bananal, já está sem conectividade com o Araguaia a maior parte do ano em razão da grande quantidade de sedimentos, que vem aumentando a cada ano que se passa. Mantendo este padrão de sedimentos, não recuperação, tem inclusive previsões que essa conexão deixe de existir até nos períodos de cheia, aparecendo apenas em grandes eventos pluviométricos.

Junior Veras em Parceria com governador Mauro Carlesse propõe um estudo amplo e medidas imediatas, para buscar dar sobrevida a este Rio que é fonte de vida e renda para muitas famílias.

“O Rio Javaés uma fonte de vida e riquezas inestimáveis para ilha do bananal, eu como nativo de Formoso do Araguaia, dói o coração ver esse rio que passei toda minha juventude morrendo, é um dever moral com a sociedade lutar para recuperação do Rio Javaés” complementa Junior Veras.

Hoje cerca de 50% dos sedimentos que o Araguaia transporta em suas águas são compostos por material que se acumula no fundo do leito e por areia. É fundamental esse estudo e adotar medidas tanto para melhorar a saúde do Rio Araguaia para gerar sobrevida ao Rio Javaés e Ilha do Bananal.