A partir desta segunda-feira o Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) inicia uma viagem pelo interior do estado para distribuir a cartilha dos 25% e também conversar com os servidores, tirando dúvidas e respondendo questionamentos.

A ação vai começar pela região norte do estado e a primeira cidade a ser visitada será Araguatins, onde o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro, acompanhado do Diretor Regional, Ronaldo Sérgio, irão percorrer os órgãos públicos para entregar as cartilhas aos servidores estaduais.

A cartilha é um material informativo elaborado pelo SISEPE-TO para esclarecer os servidores sobre o andamento dos 25%. A publicação traz um histórico detalhado da concessão do direito desde o ano de 2007 até a situação em que se encontra atualmente, além de tabelas que mostram como ficará o vencimento dos servidores de cada quadro com a aplicação dos 25%.

Entenda

O reajuste dos 25% é um direito ao qual todos os servidores públicos do Quadro Geral, Naturatins, Ruraltins, Adapec e Administrativo Fazendário do Estado do Tocantins têm direito. Ele foi concedido em 2007 durante o primeiro mandato do governador Marcelo Miranda. Entretanto, logo após ter concedido o aumento, Marcelo Miranda voltou atrás e editou a lei 1.866 de 2007 para não conceder o reajuste.

O Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) foi à justiça para restabelecer o direito do servidor, já que revogar a medida seria inconstitucional. O cancelamento do reajuste dos 25% acabou virando ação judicial no Tribunal de Justiça do Tocantins e no Supremo Tribunal Federal em Brasília. No TJ-TO o mandado de segurança protocolado pelo SISEPE-TO ficou suspenso até que a Ação Direta de Inconstitucionalidade fosse julgada no STF.

Finalmente, em 2016 o STF julgou procedente a ação e garantiu o aumento salarial de 25% aos servidores do Quadro Geral. Mas o acórdão da decisão só foi publicado um ano após o julgamento, em abril de 2017. No mesmo mês o SISEPE-TO protocolou um mandado de segurança junto ao Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO) requerendo o andamento do processo.

Distribuição

A ação já foi realizada em Palmas, onde a diretoria do SISEPE-TO percorreu todos os órgãos públicos da administração estadual na capital entregando as cartilhas aos servidores.

Ao longo deste mês o SISEPE-TO irá percorrer todo o estado indo até os municípios onde há servidores sindicalizados para fazer a entrega do material.

Após a região norte, o presidente Cleiton Pinheiro seguirá para as regionais Central, Sul e Sudeste do estado para levar o material e informação aos servidores sindicalizados.