Uma partida memorável. Com direito a baile, Marta e companhia marcaram 5 nas suecas e garantiram a classificação para a próxima fase no caminho para o tão sonhado ouro no futebol.

Aos 20 minutos, Berglund faz proteção para a bola chegar à goleira, mas Bia se adiantou, chegou antes e balançou a rede.

No segundo gol, aos 24 minutos, Marta cruzou para Cristiane, que marcou de letra e levou a torcida à loucura.

Marta ampliou aos 44 minutos com gol de pênalti.

No segundo tempo, Marta aos 35 e Bia aos 40 ampliaram. A Suécia diminuiu no fim. A torcida foi ao delírio com a atuação de Marta e chegou a gritar:

”Ahhhh… A Marta é melhor que o Neymar”

Cristiane atingiu a marca de 14 gols e se tornou a maior artilheira da história das Olimpíadas. Mas uma lesão a tirou do jogo e deixou o técnico Vadão preocupado.

Na próxima partida o Brasil pega a África do Sul.